Hepatite Infecciosa Canina: o que é e como tratar 
jul02

Hepatite Infecciosa Canina: o que é e como tratar 

Saiba se seu cão está vulnerável e aprenda a identificar e combater essa doença    A Hepatite Infecciosa Canina (HIC) é uma doença perigosa que atinge, em sua maioria, filhotes com menos de um ano de idade. Transmitida pelo adenovírus canino 1 (CAV-1), este mal afeta o fígado dos caninos e é altamente transmissível. Um breve contato com um animal contaminado ou mesmo um brinquedo usado por ele pode ser suficiente para que ocorra a transmissão.   Os riscos dessa doença são enormes para o animal, podendo levar à morte em poucos dias. Esta enfermidade, que também é conhecida por Doença de Rubarth, é de fácil prevenção, porém se negligenciada pode trazer graves consequências.  Os sintomas da HIC  Os sintomas da hepatite infecciosa canina variam de acordo com o sistema imunológico do cão, podendo se manifestar em diferentes níveis. Existem três formas da doença: crônica, aguda e superaguda.   No estágio crônico, o organismo do cachorro se defende tão bem que a presença da HIC é praticamente imperceptível.   Já no nível agudo, os sintomas são bem claros: febre, vômito e diarreia com sangue. Também podem haver convulsões e alguma paralisia, caso o sistema nervoso do animal seja afetado. Em casos assim, a hepatite infecciosa canina pode ser confundida com outra doença grave, como a cinomose.  O grau superagudo é o mais perigoso para seu cãozinho. Infelizmente, esse estágio é tão avassalador que não revela nenhum sintoma. Geralmente, cães com o sistema imunológico debilitado falecem rapidamente.  Como tratar a doença  Os tratamentos disponíveis agem de acordo com os sintomas apresentados pela doença, sendo que ainda não existe um método específico de combate à hepatite infecciosa canina. É comum o uso de antibióticos para lidar com infecções e transfusões de sangue para fortalecer o organismo do animal.   Como prevenir A única forma de detectar a doença é através de um exame de sangue. Portanto, todo cuidado é pouco para proteger o seu cãozinho. A única forma de prevenção desta patologia é a vacinação. A vacina polivalente (v8 ou v10) é empregada em várias doses, sendo a primeira geralmente aplicada nos primeiros 40 dias de vida. Outras doses devem ser ministradas conforme seu filhote cresce, portanto é bom ficar atento ao calendário de vacinação.     Agora que você conhece mais sobre essa doença, visite o site da farmácia de bicho e confira uma seleção de produtos para manter seu cãozinho saudável....

Leia mais
Dicas especiais para cuidar do aquário do seu peixe de estimação
jun26

Dicas especiais para cuidar do aquário do seu peixe de estimação

Manter um aquário saudável é um hobby custoso, porém muito recompensador Peixes são geralmente associados à paz e à tranquilidade, mas manter o aquário de seu peixinho demanda tempo e atenção. A complexidade em criar um ecossistema único para seu pet aquático é um dos principais empecilhos na manutenção de um aquário. Confira abaixo algumas dicas para manter a “casa” do seu peixinho em ordem. Cuidado com a qualidade da água É muito fácil manter a água do seu aquário saudável, basta um pouco de organização. Checar a temperatura todos os dias é recomendado, já que existem peixes sensíveis a pequenas mudanças. Da mesma forma, é importante fazer a manutenção de bombas e filtros e uma limpeza de possíveis resíduos de algas todos os meses. É indispensável também a remoção de cerca de 25% de água do aquário e sua reposição por água sem cloro. Lembrando que a água de torneira só pode ser utilizada se for devidamente condicionada com produto específico para esse fim, caso contrário nunca se deve fazer uso de água encanada. Atenção à decoração Existem várias opções disponíveis para decorar o ambiente de seu peixinho, portanto todo cuidado é pouco. Plantas trazem mais vida, além dar mais autenticidade para seu aquário. Porém, a beleza deste tipo de decoração traz consigo a necessidade de luzes e produtos especiais. Uma opção viável são as plantas falsas, geralmente feitas de plástico, que podem integrar o ambiente com muita naturalidade se forem bem escolhidas. Só é preciso ter cautela nas diversas decorações disponíveis, para que seu pet tenha bastante espaço livre para nadar. Limpeza do filtro  A filtragem da água é essencial para seus pets, por isso não deve ser negligenciada. Existem dois tipos de filtros que podem ser usados no seu aquário, internos e externos. A limpeza de filtros interiores é necessária em média a cada quinze dias, já a de filtros externos pode ser efetuada de dois a três meses.  A manutenção do seu sistema de filtragem pode variar muito, já que a quantidade de peixes e tamanho do aquário influenciam diretamente na capacidade do filtro. Portanto, o ideal é ficar atento ao funcionamento e observar se existe sujeira acumulada.   Agora que você já sabe um pouco mais sobre o lar de seus pets, confira a nossa seção repleta de produtos especiais para seus peixinhos....

Leia mais
Dicas para acabar com as pulgas do seu gato
jun19

Dicas para acabar com as pulgas do seu gato

Seu bichano está com pulgas? Não precisa mais se preocupar. Abaixo daremos várias dicas de como acabar com esses parasitas. Um dos grandes problemas de donos de gatos são as pulgas. O acesso ao gramado pelos felinos é uma das principais razões para a infestação, mas até mesmo gatos de apartamento são suscetíveis a estes insetos. Conheça a seguir algumas alternativas para deixar o seu gato saudável novamente ao se livrar desses parasitas. Pipetas Talvez seja a maneira mais usual de acabar com infestações de pulgas. Por serem fáceis de aplicar (é só despejar o conteúdo da pipeta na nuca do seu felino), as pipetas são uma ótima opção. O frontline plus é muito recomendado por agir tanto no animal, quanto no ambiente. Outra possibilidade com ótimo custo-benefício é utilizar o fiprolex drop spot, nesse combo leve três, pague dois. Sprays Se seus gatos estão com pulgas, tenha certeza de que seu ambiente também está. Por conta disso, os sprays são uma ótima escolha, sendo possível borrifar sobre os gatos e nos locais que eles têm acesso. O koral também é uma boa alternativa para os recintos internos e externos de seu lar. Coleiras antipulgas Uma das melhores maneiras de prevenir parasitas no seu gatuno é utilizar as coleiras antipulgas. Por estar, literalmente, o tempo todo com seu gato e ter um longo período de ação (de até 4  meses), esse utensílio é uma grande arma na luta contra as pulgas. Leia mais: O perigo das pulgas para o seu pet Effipro – elimina pulgas e carrapatos de cães e gatos Gostou destas dicas? Comente abaixo e nos conte como você livrou seu gatinho das pulgas....

Leia mais
Para que serve a coleira Scalibor?
jun06

Para que serve a coleira Scalibor?

Proporcionando a mais alta eficiência no controle de pulgas e carrapatos, a coleira Scalibor é uma ótima opção para cuidar do seu melhor amigo. Uma das maiores preocupações com os nossos pets está em relação aos ectoparasitas: pulgas e carrapatos. Além de serem incômodos, eles transmitem doenças aos bichinhos e podem causar sérios problemas no presente e no futuro do animal. A coleira Scalibor é a maneira mais eficiente de proteger o seu animal de flebótomos, moscas, carrapatos e pulgas. O Deltametrina, princípio ativo utilizado na coleira, é distribuído de forma rápida e uniforme na pele do cãozinho, protegendo todo o seu corpo. Coleira Scalibor funciona? Antes de mais nada, precisamos lembrar que para usar a coleira, é preciso desinfetar o ambiente. Cerca de 95% das pulgas e carrapatos completam o seu ciclo de vida e de reprodução pelo espaço. Depois de limpar o ambiente, é hora de entender a funcionalidade da Scalibor. Praticidade O primeiro ponto a ser destacado é que a coleira Scalibor é prática, pois ela imita uma coleira tradicional, não causando nenhum estresse ou dificuldade no momento de proteger o seu melhor amigo. Efeito prolongado Os medicamentos que protegem os animais de pulgas e carrapatos tendem a ter um tempo de duração de 30 dias. Após esse período, o bichinho está novamente suscetível a ter esses problemas. A coleira Scalibor é capaz de proteger o seu cãozinho por até 6 meses. Esse efeito prolongado permite mais tranquilidade, tanto para o dono, quanto para o pet. Parasita não pica o animal Um dos maiores problemas dos parasitas é quando eles picam o animal. Se esse tipo de atitude acontecer, é bem provável que o pet seja acometido por doenças que prejudicam a sua saúde e o seu bem-estar. Com a utilização da coleira, o parasita não chega a picar o cãozinho, ele morre pelo contato direto com a pele do animal, o que garante total eficiência do produto em todo seu tempo de uso. Conselhos de utilização Ao colocar a coleira Scalibor em seu cão, deixe um espaço de folga de, ao menos, 2 dedos entre o pescoço e a coleira. É válido lembrar que esse medicamento necessita de 2 a 3 semanas para atingir sua máxima eficiência. Este período de tempo corresponde ao necessário para que o princípio ativo da Scalibor se espalhe por todo o corpo do animal. Se necessário, você pode limpar a coleira com um pano úmido pelo menos uma vez por mês. A Farmácia de Bicho possui, com preços especiais, a coleira Scalibor, capaz de proteger o seu melhor amigo por até seis meses. Em nosso site, você encontra opções para...

Leia mais
Você conhece as especialidades veterinárias?
Maio30

Você conhece as especialidades veterinárias?

Confira a expertise de cada profissional e quais são as especialidades cobertas por cada um É necessário entender as especialidades veterinárias e como elas auxiliam seu bichinho de diversas formas. O importante é saber como é a formação do profissional, pois, logo após a graduação, é comum que os médicos-veterinários se dediquem por mais alguns anos de estudo para a área que ele escolheu. Isso significa que, embora o clínico geral seja apto para lidar com diversas situações em que o bichinho se encontra, existem casos em que os profissionais especializados são os mais indicados para recuperar a saúde dos bichinhos.   Quais as especialidades dos médicos-veterinários?   Acupuntura Esta é uma especialidade proveniente da medicina tradicional chinesa, em que se utilizam agulhas para estimular pontos do corpo do animal, a fim de restabelecer o equilíbrio do organismo. É muito procurada para tratamentos ortopédicos e controle de dor.   Cardiologia Cuida do coração e do sistema circulatório do animal, assim como na medicina humana.   Comportamento Animal Semelhante ao nossos psicólogos, esses veterinários auxiliam no tratamento de problemas como ansiedade, agressividade, medos e depressão.   Dermatologia Indicada para problemas na pele, destacando as alergias.   Endocrinologia É o cuidador do sistema hormonal e do metabolismo do seu bichinho. Indicada para o acompanhamento de diabetes, síndrome de cushing (conjunto de sintomas provocados por problema do sistema endócrino), entre outras.   Fisioterapia Indicado para animais que passaram por cirurgias ou que apresentam dificuldades na locomoção.   Hematologia Médico relacionado ao tratamento do sangue, principalmente a doenças como anemia e provenientes do carrapato.   Nefrologia Especialista em doenças renais e trato urinário.   Neurologia Trata doenças do sistema nervoso central e periférico, como epilepsia, convulsões e tumores cerebrais.   Nutrologia Estuda a nutrição individual de cada animal, balanceando de acordo com a necessidade. Pode auxiliar no tratamento de alegrias e obesidade.   Odontologia Profissional mais indicado para prevenir o acúmulo de tártaro e removê-lo, além de cuidar da má oclusão e dentição dupla.   Oftalmologia Trata dos olhos dos pets e suas particularidades, investigando a produção excessiva de lágrima ou a falta dela, por exemplo.   Ortopedia Recomendado para o trato de doenças ósseas e do sistema articular, como artrite, artrose, luxação no quadril, etc.   Pediatria Trata condições diversas do recém-nascido e durante a primeira fase da vida do filhote.   Lembrando que estas especialidades são recomendadas para cães e gatos. Quando tratamos de outros animais, como aves, répteis e roedores, os especialistas são médicos-veterinários da área silvestre. Todos os médicos são aptos a um trato emergencial para pets de qualquer espécie. Em caso de acidentes ou qualquer outra emergência, procure...

Leia mais
Desenvolvido por