Hepatite Infecciosa Canina: o que é e como tratar 

Saiba se seu cão está vulnerável e aprenda a identificar e combater essa doença 

 

A Hepatite Infecciosa Canina (HIC) é uma doença perigosa que atinge, em sua maioria, filhotes com menos de um ano de idade. Transmitida pelo adenovírus canino 1 (CAV-1), este mal afeta o fígado dos caninos e é altamente transmissível. Um breve contato com um animal contaminado ou mesmo um brinquedo usado por ele pode ser suficiente para que ocorra a transmissão.  

Os riscos dessa doença são enormes para o animal, podendo levar à morte em poucos dias. Esta enfermidade, que também é conhecida por Doença de Rubarth, é de fácil prevenção, porém se negligenciada pode trazer graves consequências. 

Os sintomas da HIC 

Os sintomas da hepatite infecciosa canina variam de acordo com o sistema imunológico do cão, podendo se manifestar em diferentes níveis. Existem três formas da doença: crônica, aguda e superaguda.  

  • No estágio crônico, o organismo do cachorro se defende tão bem que a presença da HIC é praticamente imperceptível.  
  • Já no nível agudo, os sintomas são bem claros: febre, vômito e diarreia com sangue. Também podem haver convulsões e alguma paralisia, caso o sistema nervoso do animal seja afetado. Em casos assim, a hepatite infecciosa canina pode ser confundida com outra doença grave, como a cinomose. 
  • O grau superagudo é o mais perigoso para seu cãozinho. Infelizmente, esse estágio é tão avassalador que não revela nenhum sintoma. Geralmente, cães com o sistema imunológico debilitado falecem rapidamente.

 Como tratar a doença 

Os tratamentos disponíveis agem de acordo com os sintomas apresentados pela doença, sendo que ainda não existe um método específico de combate à hepatite infecciosa canina. É comum o uso de antibióticos para lidar com infecções e transfusões de sangue para fortalecer o organismo do animal.  

Como prevenir

A única forma de detectar a doença é através de um exame de sangue. Portanto, todo cuidado é pouco para proteger o seu cãozinho. A única forma de prevenção desta patologia é a vacinação. A vacina polivalente (v8 ou v10) é empregada em várias doses, sendo a primeira geralmente aplicada nos primeiros 40 dias de vida. Outras doses devem ser ministradas conforme seu filhote cresce, portanto é bom ficar atento ao calendário de vacinação.  

 

Agora que você conhece mais sobre essa doença, visite o site da farmácia de bicho e confira uma seleção de produtos para manter seu cãozinho saudável.

 

Autor: farmaciadebicho

Somos uma Farmácia Veterinária Online, temos ampla linha de medicamentos e produtos veterinários com qualidade e procedência. O melhor preço e entrega rápida em todo o Brasil. Compre Online www.FarmaciadeBicho.com.br

Compartilhe este post

Enviar o Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Desenvolvido por

Gostando do conteúdo?

Compartilhe nosso blog com seus amigos!