Vantagens de se ter um gato, cuidados, mitos e verdades

gatos-um-amor-crescente

Os gatos estão cada vez mais presentes nas casas dos brasileiros. Sendo que, segundo o IBGE já são 22 milhões de gatos existentes no país. Na medicina veterinária existe especialidade quando o assunto é gato.

 

Separei alguns mitos e verdades sobre os bichinhos e vantagens de ter um gatinho, confiram:

 

1. Sobre mitos

  • Gatos se apegam as casas e não ao dono MITO: os gatos se apegam aos donos sim, e são muito carinhosos e amorosos.
  • Gatos tem medo de água MITO: se acostumados desde pequenos ao banho, eles acabam gostando e tem muitos gatos que adoram banho.
  • Gatos tem 7 vidas MITO: gatos tem que cuidar muito bem da saúde deles, senão eles irão adoecer como qualquer outro animal.
  • Grávidas não podem ter gatos MITO: Grávidas podem ter contato com gatos tranquilamente. O que deve ser evitado é o contato com as fezes. Se precisar coletar as fezes do bichinho, é necessário que faça isso como uma pazinha específica e ainda use luvas para evitar uma possível contaminação, caso o gato esteja infectado pelo protozoário Toxoplasma.

 

2. Cuidados com a saúde dos gatos

  • importante manter a vacinação em dia, cuidando do esquema vacinal que é feito em filhotes, onde são necessárias doses repetidas com intervalos de 30 dias em média e uma dose da vacina contra Raiva. Nos gatos adultos o reforço das vacinas é feito anualmente;
  • realizar a castração é muito importante para evitar uma ninhada indesejada e ainda a fuga dos bichinhos quando estão no cio;
  • manter o vermífugo em dia;
  • aplicar produtos contra pulgas e carrapatos;
  • deixar água fresca e a vontade;
  • ter brinquedinhos para entreter os gatinhos, eles adoram. Existem hoje no mercado pet, diversos brinquedos específicos para eles;
  • dar uma ração de boa qualidade, e qualquer dúvida sempre consultar um médico veterinário.

 

3. Vantagens de ter um gato

  • são mais independentes e exigem menos cuidado que os cães;
  • os gatos não precisam de passeios diários, os banhos também são bem menos frequentes, porque os próprios gatos fazem sua higiene lambendo os pelos;
  • com certeza fazem menos barulhos que os cães;
  • ficam mais tempos sozinhos. Alguns cães quando ficam muito tempo sozinhos, latem desesperadamente, e isso pode incomodar os vizinhos. Já os gatos apenas ronronam;
  • os gatos utilizam apenas uma caixa de areia para fazer suas necessidades, facilitando e muito a limpeza;
  • os gatos adaptam-se facilmente a espaços pequenos, ainda mais hoje em dia, que os apartamentos estão cada vez menores;
  • gatos são extremamente carinhosos e amorosos com seus donos.

 

4. Curiosidade

  • Segundo a pesquisa do IBGE, no Brasil existem em torno de 22 milhões de gatos e 52 milhões de cães. O número de residências que tem gatos está aumentando bastante;
  • O focinho dos gatos funciona como as impressões digitais, pois não existem 2 focinhos iguais.

 

Sempre é importante levar seu gatinho ao médico veterinário, principalmente ao perceber qualquer mudança de comportamento dele.

 

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Um abraço da Dra Jacque!

Autor: Dra. Jacqueline Felippetto

Jacqueline Felippetto é Médica Veterinária formada pela UFPR em Curitiba/PR. Atuante a mais de 25 anos na Clínica de Pequenos Animais. Também participa de programas de TV há 17 anos, como apresentadora e em entrevistas, com mais de 34O participações. É blogueira e tem um canal no YouTube, sempre dando dicas de saúde e cuidados com os pets. Siga o canal da Dra. Jacque

Compartilhe este post

Enviar o Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Desenvolvido por

Gostando do conteúdo?

Compartilhe nosso blog com seus amigos!