Que cuidados devo ter com meu pet durante uma viagem?
jan10

Que cuidados devo ter com meu pet durante uma viagem?

Atitudes como acostumar seu bichinho antes da viagem e deixá-lo em jejum podem auxiliar nessa tarefa. Confira! Viajar nas férias de verão sem o seu melhor amigo é como deixar um membro da família para trás. Mas, e então, o que fazer? Existem algumas dicas que podem ajudar você e seu bichinho de estimação a realizarem uma viagem mais confortável e sem surpresas negativas. Vamos a elas? Acostume o animal primeiro Para evitar uma viagem turbulenta, antes de mais nada é preciso que você acostume o seu pet a andar de carro. Nossa dica é, alguns dias antes da viagem de férias, levá-lo para dar algumas voltas no seu veículo por distâncias curtas para que ele se acostume. Procure levá-lo a alguns lugares de que goste, assim seu pet vai associar a viagem de carro a uma coisa boa. Viajar em jejum é uma boa ideia Assim como nós, muitos animais, mesmo os mais acostumados, costumam sentir enjoo durante a viagem. Para que isso não aconteça, evite alimentar o seu pet momentos antes de iniciar o passeio – isso pode diminuir a sensação de enjoo e evitar maiores problemas. Se necessário, peça ao veterinário um remédio para prevenir esse problema. Se tiver tempo, você pode caminhar com seu meu amigo logo antes da viagem. Dessa forma, você o deixará mais calmo e cansado, de forma que ele poderá ir dormindo boa parte do caminho. Faça paradas estratégicas Nesse caso, o comportamento dos bichinhos é semelhante aos nossos. Para que eles possam fazer suas necessidades e exercitar-se um pouco durante o trajeto, o mais recomendado é que sejam feitas paradas a cada duas ou três horas e em locais seguros e apropriados. Uma vez que, assim como mencionamos, não é indicado alimentar os pets antes da viagem, é indicado levar água e comida durante a viagem, caso seu amiguinho sinta sede ou fome e não tenha apresentado sintomas de enjoo durante o trajeto. Lembre-se, porém, de não exagerar nas quantidades! Arrume uma malinha para seu pet também! Muita gente acaba esquecendo, mas os animais também precisam ter a sua própria bagagem para a viagem. Mas o que levar lá? Todos os objetos para suprir as necessidades dos bichinhos! A bolsa deve ser conter itens básicos, como guia e coleira, ração em quantidade suficiente até o final do estadia, potes para água e comida, toalha, brinquedos e caminha. Com essas dicas simples, você não terá problema com seu melhor amigo durante a viagem. Por isso, ao tomar esses cuidados você tem a certeza de deixar o passeio muito mais...

Leia mais
Hydra Reflex Protetor solar para pets
out25

Hydra Reflex Protetor solar para pets

Você sabia que os raios solares também fazem mal aos nossos bichinhos de estimação? Eles podem sofrer queimaduras e até desenvolver câncer de pele! Existem produtos específicos para ajudar na proteção da pele do seu pet!   Conheça Hydra Reflex Hydra Reflex da fabricante Pet Society é o único produto pet similar ao protetor solar! O produto possui ação refletora de luz solar, além de filtros físicos, antioxidante e ação refrescante. Hydra Reflex contém em sua formulação Vitamina E (age como um antioxidante biológico), D-Pantenol, Aloe vera e benzoato de denatônio, que forma um filme protetor sobre a pele e pelos do seu pet deixando ele protegido do sol.   Benefícios de Hydra Reflex – Evita envelhecimento precoce; – Protege a pele e pelo das ações do Sol; – Pele e pelos hidratados e com mais vitalidade.   Onde comprar Hydra Reflex Em nossa loja online Farmácia de Bicho.com você encontra Hydra Reflex com o melhor preço e total segurança de compra! Além disso você não precisa nem sair de casa pois fazemos entregas em todo o Brasil! Clique aqui e...

Leia mais
Cuidado com a desidratação do seu pet!
jan02

Cuidado com a desidratação do seu pet!

Com o calor, os cães e gatos também podem apresentar desidratação, exatamente como acontece com os humanos. É sempre importante ficar atento ao seu bichinho, principalmente nos dias de calor intenso. Muitas vezes o proprietário demora a perceber que o seu animalzinho está desidratado e isso é muito grave, pois a desidratação pode matar se não for diagnosticada a tempo. Existe um teste fácil para você detectar se o seu bichinho está desidratado, segue a dica: puxe a pele que fica atrás do pescoço e solte-a, se o animal estiver hidratado, a pele volta rapidamente ao normal, se estiver desidratado, a pele voltará mais lentamente, esse sinal é bem visível.   As principais causas da desidratação são: -vômito -diarreia -infecções intestinais -infecções virais e bacterianas -calor -exposição excessiva ao sol -pouca ingestão de água -febre.   Fique atento também se o seu pet tem perda de peso, fica quietinho demais, a gengiva fica seca, tem perda de apetite, e os olhos ficam secos. O cuidado deve ser redobrado com filhotes e pets idosos pois desidratam mais facilmente.   Como solucionar o problema da desidratação? Se verificar que seu cão ou gatinho está desidratado, leve-o o quanto antes ao médico veterinário. Não é apenas o soro caseiro que irá solucionar o problema, em muitos casos é necessário o internamento, medicação e hidratação parenteral do animalzinho. Deixe sempre água a vontade e fresquinha para o seu bichinho e fiquei de olho nos sinais e sintomas da desidratação. Em caso de dúvidas, sempre consulte um médico veterinário! Cuide do seu bichinho e curta tranquilamente o verão com ele!   Um abraço da Dra Jacque!...

Leia mais
Doenças mais comuns no verão em animais de estimação
dez21

Doenças mais comuns no verão em animais de estimação

A chegada do verão, o aumento da temperatura, sempre trazem junto o aparecimento de doenças nos animais de estimação, caso o proprietário não tenha um cuidado com o seu animalzinho. As principais doenças que aparecem no verão são: -sarnas e micoses: o contato direto com outros animais, seja nos passeios ou até na praia, propicia o surgimento desses problemas de pele; -doenças infectocontagiosas: se o seu pet não está com as vacinas em dia, pode se contaminar pelo parvovírus, coronavírus e leptospirose, que são as doenças comuns no calor; -doenças gastrointestinais: tem que tomar muito cuidado com a alimentação do seu bichinho, pois o aumento da temperatura pode causar alteração no alimento, caso não esteja acondicionado corretamente. O pacote da ração, deve ficar protegido de umidade para evitar o mofo. Cuidado também com o tipo de alimento dado para o bichinho, nada de dar comida gordurosa; -desidratação e insolação: sempre deixe agua à vontade e fresquinha, o local que o bichinho fica tem que ser arejado e protegido do sol direto. Se quiser transportar seu Pet no carro, nunca deixe ele dentro do veículo sozinho, sempre leve-o com você para evitar a hipertermia que pode levar o animalzinho à morte; -doenças causadas por pulgas, carrapatos, mosquitos e moscas: mantenha seu animalzinho protegido, existem no mercado Pet inúmeros produtos que protegem contra esses parasitas, sempre consulte um médico veterinário para saber qual o produto ideal a ser utilizado; -verminoses: a contaminação por vermes, pode ocorrer quando o animalzinho vai à um simples passeio, na praia, na chácara ou até mesmo em casa. Por isso a importância de desverminar o seu Pet a cada 3 ou 4 meses.   O verão está só começando, então todo o cuidado é pouco para manter seu animalzinho livre de doenças que podem ser causadas pelo aumento da temperatura, fique atento e se perceber que o seu bichinho está muito quietinho, não quer comer, apresenta vômito ou diarreia, leve o quanto antes ao médico veterinário! Sempre conte com a Farmácia de Bicho para tratar e prevenir as doenças e problemas de saúde no seu pet!   Um abraço da Dra...

Leia mais
Desenvolvido por

Utilizamos cookies para melhorar nosso site e sua experiência de compra. Ao continuar navegando em nosso site, você está de acordo conforme nossa política quanto a utilização de cookies.