Por que devo vacinar meu bichinho?
jul17

Por que devo vacinar meu bichinho?

Muitos donos de pets ainda tem dúvidas se a vacina é mesmo necessária e se apenas com uma única dose o bichinho está imune. A partir do momento que você adquire um animalzinho, seja ele filhote ou adulto, a vacinação tem que ser mantida em dia, e sempre sobre a supervisão de um médico veterinário. Somente através do exame clínico pode-se saber se o pet está ou não apto a receber a dose da vacina, porque se o bichinho não estiver desverminado corretamente, estiver com vômito ou diarreia, a vacina pode causar efeitos adversos no animal.   Vacinas necessárias – com qual idade e frequência devem ser aplicadas Quando filhotes os pets recebem as primeiras doses das vacinas a partir de 42 a 45 dias de vida, com pelo menos 3 doses, que são repetidas a cada 21 a 30 dias. Em cães, são administradas as vacinas octuplas ou as dectuplas e em gatos as tríplices ou quádruplas felinas, por isso a importância de seguir o esquema vacinal que o médico veterinário do seu animal de estimação indicar. A vacina contra a Raiva geralmente é aplicada a partir dos 4 meses de vida, e deve ser repetida sempre uma vez ao ano. Esse é o esquema básico de vacinação. Existem outras vacinas mais específicas, que também podem entrar no esquema de vacinação conforme a indicação do veterinário, como: Giardia, Leptospirose, Tosse dos Canis entre outras. Se quiser manter seu animalzinho livre de doenças perigosas, tem que estar em dia com as vacinas, e qualquer dúvida converse com o médico veterinário do seu bichinho!   Um abraço da Dra...

Leia mais
Cães e gatos também podem ter gripe!
dez07

Cães e gatos também podem ter gripe!

A Gripe Canina ou Tosse dos Cães se caracteriza principalmente por uma tosse seca, severa e repetitiva, além de ser altamente contagiosa. Geralmente o proprietário do animal descreve que o cão parece que está “engasgado”. Essa tosse piora com agitação e com exercício que o animal faz. Pode apresentar também falta de apetite e  um quadro febril. Um dos principais causadores desta gripe é uma bactéria chamada de Bordetella bronchiseptica. Pode ser transmitida para seres humanos, principalmente os que tem imunodeficiência, como pessoas que estejam fazendo tratamento com quimioterapia. Por ser uma doença altamente contagiosa entre os cães, todo o cuidado é pouco. A gripe canina aparece principalmente no inverno e quando tem mudanças bruscas de temperatura.   Em gatos, denomina-se Rinotraqueíte Viral Felina, os sintomas característicos são: espirros, corrimento nasal, corrimento ocular e febre. Também apresentam falta de apetite.   Tanto em cães como em gatos a prevenção é a vacinação! Nos cães, existe a vacinação intranasal ou injetável e nos gatos é injetável! Geralmente filhotes e animais idosos podem ter maior facilidade de contrair a gripe! Então fica a dica: siga o esquema de vacinação correto indicado pelo médico veterinário e vacine anualmente o seu pet!   Um abraço da Dra...

Leia mais
Desenvolvido por

Utilizamos cookies para melhorar nosso site e sua experiência de compra. Ao continuar navegando em nosso site, você está de acordo conforme nossa política quanto a utilização de cookies.