Mucomucil Xarope 500ml
ago18

Mucomucil Xarope 500ml

Mucomucil Xarope 500ml Principal indicação Mucomucil Xarope 500ml é um mucolítico e expectorante em gel para fluidificar secreções pulmonares em cães e gatos.   Descrição do produto Mucomucil fluidifica as secreções e favorece a expectoração. A N-Acetilcisteína, devido sua capacidade em mudar qualitativamente e quantitativamente as características das secreções, influencia substancialmente a evolução e resolução das broncopneumopatias, reduzindo os riscos de complicações decorrentes da retenção de secreção e consequente insuficiência na aeração dos pulmões. A atividade de “varredor de oxidantes” é exercida tanto diretamente como indiretamente, através da manutenção e/ou incremento dos níveis da glutationa, da qual a N-Acetilcisteína é precursora. A N-Acetilcisteína também possui propriedade de antídoto para superdose de paracetamol (acetaminofeno). Na superdose pode ocorrer depleção das reservas celulares de glutationa. A N-Acetilcisteína age como substrato de conjugação alternativa, o qual ajuda a restabelecer os níveis de glutationa, com o qual a extensão do dano hepático seria reduzida. A precocidade do seu uso reduz o grau de lesão, por isso se consegue benefício quando administrado até 24 horas, após a ingestão da superdose de paracetamol. Mucomucil Xarope indicação para cães e gatos. Mucomucil xarope é um mucolítico, indicado para animais que apresentem patologias respiratórias caracterizadas pela presença de secreções mucóides e mucopurulentas (catarro), tais como broncopneumonia, bronquites (aguda, subaguda e crônica), doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), influenza, garrotilho, atelectasia por obstrução mucosa, entre outras. Também é indicado como coadjuvante nas terapias antibióticas das afecções pulmonares. Em pequenos animais pode ser usado como terapia para intoxicação por Acetaminofeno (Paracetamol).   Formulação Cada 100 mL contém: N-acetilcisteína …………………………………….20 g Expedientes q.s.p. ………………………………100 mL   Apresentação Frasco de 500ml.   Modo de usar Administração via oral.   Posologia Cães e Gatos: dose básica de N-Acetilcisteína: 10 mg/kg de peso corporal, duas vezes ao dia. Esta dosagem pode ser representada em 0,05 mL/kg de peso corporal, duas vezes ao dia. Para tratamento de superdoses de Paracetamol, aplicar uma dose de 140 mg/kg de peso corporal, seguida por quatro doses de 70 mg/kg de peso corporal, a cada 6 horas. A duração do tratamento depende dos fatores relacionados à patologia, podendo variar de 5 a 15 dias. As dosagens poderão ser alteradas de acordo com a orientação do Médico Veterinário. OBS: Cada medida dosadora da apresentação de 50 mL contém 0,20 mL   Contra-indicações Em fêmeas gestantes e lactantes não é indicado o uso da acetilcisteína. O uso de Mucomucil por via aerossólica pode provocar fenômenos broncoespásticos, sendo aconselhável associar um broncodilatador.   Informações adicionais Efeitos colaterais A acetilcisteína ocasionalmente pode provocar estomatite, febre, rinorreia, diarreia e epigastralgia. Por via aerossólica pode provocar broncoconstricção. A acetilcisteína possui antagonismo ao paracetamol e propacetamol....

Leia mais
Mucomucil Xarope 50ml
ago18

Mucomucil Xarope 50ml

Mucomucil Xarope 50ml   Principal indicação Mucomucil Xarope 50ml é um mucolítico e expectorante em gel para fluidificar secreções pulmonares em cães e gatos. Descrição do produto Mucomucil fluidifica as secreções e favorece a expectoração. A N-Acetilcisteína, devido sua capacidade em mudar qualitativamente e quantitativamente as características das secreções, influencia substancialmente a evolução e resolução das broncopneumopatias, reduzindo os riscos de complicações decorrentes da retenção de secreção e consequente insuficiência na aeração dos pulmões. A atividade de “varredor de oxidantes” é exercida tanto diretamente como indiretamente, através da manutenção e/ou incremento dos níveis da glutationa, da qual a N-Acetilcisteína é precursora. A N-Acetilcisteína também possui propriedade de antídoto para superdose de paracetamol (acetaminofeno). Na superdose pode ocorrer depleção das reservas celulares de glutationa. A N-Acetilcisteína age como substrato de conjugação alternativa, o qual ajuda a restabelecer os níveis de glutationa, com o qual a extensão do dano hepático seria reduzida. A precocidade do seu uso reduz o grau de lesão, por isso se consegue benefício quando administrado até 24 horas, após a ingestão da superdose de paracetamol. Mucomucil indicação para cães e gatos. Mucomucil xarope é um mucolítico, indicado para animais que apresentem patologias respiratórias caracterizadas pela presença de secreções mucóides e mucopurulentas (catarro), tais como broncopneumonia, bronquites (aguda, subaguda e crônica), doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), influenza, garrotilho, atelectasia por obstrução mucosa, entre outras. Também é indicado como coadjuvante nas terapias antibióticas das afecções pulmonares. Em pequenos animais pode ser usado como terapia para intoxicação por Acetaminofeno (Paracetamol). Formulação Cada 100 mL contém: N-acetilcisteína………………………………..20 g Expedientes q.s.p…………………………..100 mL Modo de usar Administração via oral. Posologia Cães e Gatos: dose básica de N-Acetilcisteína: 10 mg/kg de peso corporal, duas vezes ao dia. Esta dosagem pode ser representada em 0,05 mL/kg de peso corporal, duas vezes ao dia. Para tratamento de superdoses de Paracetamol, aplicar uma dose de 140 mg/kg de peso corporal, seguida por quatro doses de 70 mg/kg de peso corporal, a cada 6 horas. A duração do tratamento depende dos fatores relacionados à patologia, podendo variar de 5 a 15 dias. As dosagens poderão ser alteradas de acordo com a orientação do Médico Veterinário. OBS: Cada medida dosadora da apresentação de 50 mL contém 0,20 mL. Contra-indicações Em fêmeas gestantes e lactantes não é indicado o uso da acetilcisteína. O uso de Mucomucil por via aerossólica pode provocar fenômenos broncoespásticos, sendo aconselhável associar um broncodilatador. Informações adicionais Efeitos colaterais A acetilcisteína ocasionalmente pode provocar estomatite, febre, rinorreia, diarreia e epigastralgia. Por via aerossólica pode provocar broncoconstricção. A acetilcisteína possui antagonismo ao paracetamol e propacetamol. Consulte sempre seu Médico Veterinário.   Sobre a Farmácia de Bicho.com Somos uma...

Leia mais
Desenvolvido por

Utilizamos cookies para melhorar nosso site e sua experiência de compra. Ao continuar navegando em nosso site, você está de acordo conforme nossa política quanto a utilização de cookies.